Lifestyle, Moda

Kardashian Who?

Nada contra as Kardashians (já vou logo esclarecendo isso), acho todas bonitas! Com plástica, sem plástica, não importa! São mulheres bonitas, independentes, fortes, engraçadas e com uma noção de moda e…. E só! Se eu tivesse uma filha (que agonia pensar nisso) e ela assistisse a Keeping Up With The Kardashians (como eu já assisti algumas vezes), eu a incentivaria a ver o programa que quiser, mas também a ter uma visão crítica sobre o que nos é imposto pela mídia.

Uma jornalista outro dia comentou que nunca sabe o que escrever após o nome “Kim Kardashian” em uma matéria. Repare que várias revistas e jornais normalmente colocam a profissão da famosa: “A cantora Anitta”, “A atriz Jessica Chastain” e por assim vai… Mas qual é a profissão de Kim Kardashian? Por que ela e a família ficaram tão famosas mesmo? Essa mulher é uma das pessoas com mais seguidores no instagram e foi capa da Vogue americana! Sim, ela tem um reality show – Keeping Up With The Kardashians. Eu não acompanho muito, mas sei que a família dela tinha uma loja de roupas de grife famosa! Só isso que sei… Ah e ela fez um filme, digamos assim, quente! Um filme caseiro de sexo que acabou vazando. Isso poderia acontecer com qualquer um, não a julgo pela sextape de maneira alguma, mas e aí? O que ela fez depois disso? Muitas revistas a chamam de socialite. Talvez ela seja uma socialite mesmo, certo? Rica, famosa e assim, sem muito talento. Foi isso que a atriz Rebel Wilson declarou recentemente, e não é mentira, né? Ou “herdeira”  de um “clã” famoso e rico como gosta de nomear a revista Caras e afins.

Acompanhamos os dois casamentos de Kim, depois, vimos seu terceiro casamento que parece que está dando certo! É com um rapper (que fala mal de muita gente, mas não sei qual música canta) e vimos o nascimento de sua filhinha (que é uma graça). Depois, veio a transição do gênero de seu pai, Caitlyn Jenner, acompanhamos, foi um caso curioso, interessante e que abriu uma discussão legal na sociedade. Bom, daí agora ela está grávida de novo. As outras 5, 6, 7 (ou sei lá quantas irmãs) todas ficaram famosas não sei bem o motivo! Mas sabemos de todas as traições de maridos, ex-maridos e ficantes delas! Mas por que mesmo? Lembro bem que, recentemente, uma foi traída e o namorado de outra está internado, mas tive preguiça de ler a matéria toda para saber o motivo da internação. Nada contra reality show! Eu adoro Masterchef, Junior Masterchef, Cake Boss, O Vestido Ideal, O Vestido Ideal Atlanta, Novo ou Usado? Até Cupomania eu gosto! Diria até que vejo mais reality show do que novela. Mas essas pessoas vão além além de tirar selfies e expor suas vidas, tem um propósito (pode ser trivial), mas até as crianças do Junior Masterchef fazem algo de construtivo! E quando não têm um propósito, é só mais uma história e não viram um fenômeno pop.

Por que Kim é tão pop quanto Michel Jackson, então? Quando ela veio ao Brasil, participei de uma coletiva de imprensa com ela! Sim, estive pertinho de Kim Kardashian! Eu poderia fazer a pergunta que eu quisesse, menos da vida pessoal. Bom, vi que eu não tinha o que perguntar para Kim. O o novo CD? Não, ela não canta. O novo livro? Não, ela só tem um livro de selfies com fotos dela. O novo filme? Não existe. Perguntar como tira uma selfie? Que preguiça, né? Ela seria daquelas pessoas no bar que você vê que não tem assunto em comum e fica sem graça e acaba falando do tempo, sabe!? Daí, até fiz uma pergunta, mas foi mais para cumprir o protocolo. Ela se esforçava para parecer bonita e sexy naquela entrevista, mas o que ela falava não me atraia. Todos temos algo a dizer (famosos ou não, ricos ou pobres), eu realmente acredito nisso. Mas a questão é que as pessoas estavam maravilhadas com a presença de Kim, vi jornalistas perderem a linha e dizerem “eu te amo, tira uma selfie comigo!” e eu nem sei o motivo. Eu acho que a Kim é uma mulher “dona do próprio corpo” como diria Jout Jout! É daquelas que mostra suas curvas sem medo de ser feliz e isso é realmente muito legal! Eu não sou muito fã dos looks dela (parecem vestidos colocados à vácuo de tão justos), mas acho que tem seu valor e tem quem goste, ok!

Acreditem se quiser: mas tirar essa foto da Kim Kardashian foi muito difícil! Estava um tumulto!

Acreditem se quiser: mas tirar essa foto da Kim Kardashian foi muito difícil! Estava um tumulto!

Mas endeusar as Kardashians é um pouco demais. Na coletiva, ela falou do corpo (que muita gente a considera gorda) e que ela continua usando o que quer, o que foi legal, mas ela falou coisas bem estranhas também (o que não foi tão legal), como a hora em que ela falou que estabeleceu uma paleta de cores para o guarda-roupa da filha porque a pele da filhinha combina muito com verdes e tons terrosos (ou algo assim) mas não combina com outras cores. Gente, ela é só uma criança e não pode usar a roupinha que quer porque não combina com a pele dela – essa pequena já é uma escrava da imagem! No meu Facebook vejo mais notícias das Kardashians do que da Emma Stone – que é meio branquela, magrinha, mas é uma das melhores atrizes dessa geração e tem looks incríveis e muito mais a dizer! Ou Anne Hathaway, ou a Jessica Chastain ou sei lá quem! Qualquer pessoa com talento (ou que, pelo menos, tenta ter um talento), que trabalha e se esforça para dar algo de qualidade para seu fãs, mesmo quer não consiga.

Socialite (ou digital influencer – como insistem algumas socialites agora) não é exatamente um modelo que eu falaria para uma filha ou priminha seguir na vida. Ninguém precisa adotar duzentos filhos ou se posicionar sobre a questão da imigração na Europa, nem mesmo ter faculdade, mas oferecer um pouco mais ao mundo do que suas seflies é o mínimo que se espera de uma pessoa rica ou pobre. “Ganhe seu próprio dinheiro, não dependa de homem nenhum, não viva só da sua imagem (você é mais do que isso, não seja escrava do seu corpo porque todos envelhecemos) e mais: influencie as pessoas a fazer o bem, se um dia você for famosa”. Esse seria meu conselho para uma filha! E não vejo as Kardashians fazerem nada disso. Não tem a ver com os meus valores, talvez por isso eu não tinha assunto com ela. É muito dinheiro e preocupação fútil para pouca generosidade. É muito ócio para pouco talento. É muito ego para tão pouco espaço no instagram.

Não precisamos julgar as Kardashians da vida, se são felizes, que ótimo! Mas acho que como leitoras, nós merecemos mais! Podemos exigir mais das revistas femininas, não? Mulheres com um pouco mais a oferecer! Musas fitness, ex-BBBs, panicats (ainda existe isso?), socialites e Kardashians não me inspiram. Não me dão vontade de ler entrevistas! E acho que também têm uma boa quantidade de leitoras que pensam assim, é só ver uma chamada de notícia das Kardashians ou BBBs nas páginas de revistas femininas no Facebook e checar o primeiro comentário que aparecer, certamente, será uma crítica cheia de curtidas. Pode ter espaço para elas,claro, tem quem goste, até anônimas tem algo a dizer, elas têm também! Mas não o tempo todo e todo dia. Queremos mais Emma Stone, mais Malala, mais Emma Watson, mais Taylor Swift, mais Gisele, mais Susan Sarandon, mais Grazi Massafera (uma ex-BBB que virou uma boa atriz em Verdades Secretas), mais Natalie Portman ou mais qualquer outra pessoa que é não é só um rostinho bonito na TV brasileira ou mundial Ou uma pessoa que nem é um rosto bonitinho, mas tem algo a dizer! É pedir muito?

 

Compartilhe
0 Comente aqui
Comente pelo facebook
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui

Escreva seu comentário