Beleza, Tips

Bronde: a nova tendência em coloração

Bronde pelos experts Celio Faria e James França

Bronde pelos experts Célio Faria e James França

Você já ouviu falar em Bronde hair? Antes de mais nada, a origem do nome Bronde é a junção das palavras em inglês blonde com brown ou brunette, ou seja, loiro + castanho (ou marrom).

É mais uma técnica de clareamento, assim como o ombré, a tortoise shell (ou casca de tartaruga), o sombré e as tão famosas mechas californianas, mas muito mais sutil. Isso porque ao contrário dessas técnicas de coloração, o bronde não tem mechas que começam na altura das orelhas ou do queixo, o reflexo começa mais próximo da raiz, sem contrastar tanto até as pontas.

Mas o Bronde pode nem ter mechas, na verdade, lá fora ele vem sendo usado no cabelo todo. o grande diferencial desse tipo de técnica é o efeito da cor, que fica entre o loiro e o castanho, como o próprio nome diz.

Claro, já surgiram mil variações – com reflexos tortoise shell, mais claro ou mais escuro. Essas adaptações tornam a técnica personalizada e ideal para loiras e morenas de todos os tons de pele e cabelo!

A prova dessa versatilidade do bronde é que ele ficou bem em Jennifer Lopez, Olivia Palermo, Beyoncé e em muitas outras famosas de várias tonalidades de pele e estilos!

“O Bronde transita entre a elegância da morena e a sedução da loura. Uma sutil combinação de reflexos em mechas horizontais, que evocam as criações geométricas vistas nas passarelas de Paris, Nova York e São Paulo”, essa é definição da L’Oréal Professionnel, que lançou três tinturas que terminam com .8 com efeito bronde! É a 6.8, 7.8 e 8.8 da Majirel. Essas colorações são de fundo e podem ser misturadas com outras mais claras para fazer reflexos.

Fui ao evento da L’Oréal Professionnel e conversei um pouco mais sobre essa tendência com ninguém menos do que Fernando Torquatto! Bati um papo exclusivo com o maquiador, hair stylist, fotógrafo e caracterizador das novelas da TV Globo (quanto talento em uma pessoa só, né?). Confira o vídeo que fiz com ele a seguir:

E aí? Gostaram da explicação? Ficaram com vontade de mudar a cor dos fios? Se o meu cabelo fosse castanho, eu não teria dúvida!

Uma boa dica que Torquatto deu também foi que esses leves reflexos criam um efeito lindo em tranças e outros penteados porque o cabelo escuro ou castanho não fica aquele chapado, sabe? Além de iluminar as feições. Então, se você tem uma festa de gala por aí, vale testar!

Compartilhe
1 Comente aqui
Comente pelo facebook
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça nos comentários? Clique aqui

Escreva seu comentário
  1. Lalá
      20/10/2015 - 15h10

    Eu gosto, porque fica bem natural.

1 comentário